sexta-feira, 31 de julho de 2009

Adultério


Você me pediu um poema

E eu não sei o que escrever

Procuro palavras, que diga algo a você

Sentimentos guardados em meu tímido coração

Coisas de pele, transmitidas em versos de devoção

Eu sei que nosso caso é um sonho fugaz

Uma fuga! Em busca de outro cais

Participamos do mesmo jogo

Na expectativa sagaz

Esperando que o tempo devolva; algo que ficou para trás

Doce irresponsabilidade!

Esta que o desejo nos traz

Fazendo do pecado algo que nos transmita a paz

Lógico que eu sei que não era isto que você queria ler

Mais termino dizendo, em versos, rima e coração

Que gosto!

Desta nossa louca paixão...


Saulo Prado


elza soares & chico buarque - façamos

terça-feira, 28 de julho de 2009

Erva daninha

Violência que viola uma nação

Injustiça exemplificada por quem tem o poder na mão

A corrupção assola um país

O pior é que ela esta mais perto do que se diz


Vitimas de nossas próprias mãos

Votamos sem prestar a devida atenção

Jogar a culpa no outro é mais fácil

Do que assumir que o jeitinho brasileiro é nosso maior fracasso


Para mudar! Tudo começa na educação

Dentro de casa ensinando nossos filhos a dividir o pão

São nos pequenos detalhes que acharemos a solução

Fazendo nossa parte sem esperar retribuição...

Saulo Prado

Cazuza - Brasil

sábado, 25 de julho de 2009

Bonança

Um desejo quase infantil

Um sonho que se esvaiu

O passado que não volta atrás

Faz do tempo algo sagaz


Ele pode curar ate o que não se feriu

E fazer da saudade um céu de anil

Como fui tolo em achar

Que nem a eternidade podia me curar


Curar-me de um amor doloroso

Que fazia da vida a dois, algo escabroso

Mas a vida é assim

Quando achamos que perdemos

É por que ainda não chegou o fim....



Saulo Prado

Frejat/ Raul Seixas - Tente outra vez


quarta-feira, 22 de julho de 2009

Zero

Medo ao som da solidão

O futuro que foge das minhas mãos

Escrevi por linhas tortas

A colheita que colho agora


Não posso dominar o que não conheço

Errei ao fazer do acaso o meu começo

Só quero a chance de recomeçar

Sabendo que meu objetivo é te alcançar


E no final não ira me importa a vitoria

Só a consciência que fiz da batalha

Minha única trajetória...


Saulo Prado


Zé Ramalho - Entre a serpente e a estrela


domingo, 19 de julho de 2009

Fuga

Quero um beijo molhado

De um amor safado

Sedução na batida do coração

Sexo com a força da paixão


Um toque que o desejo acendeu

Entre caricias de você e eu

Sussurros sacanas

Que nos embalam na cama


Pernas e mãos trabalhando

Em forma de corpos se cruzando

Audácia de uma Tara fugaz

Que faz de um bordel meu porto de paz...

Saulo Prado

Rita Lee - Amor e sexo

sexta-feira, 17 de julho de 2009

Identidade

Se você quiser saber um pouco mais de mim

Leia meu blog que escrevo assim

Buscando palavras que expressa sentimentos

Escrevo versos regando o meu tempo


Sou um homem otimista escrevendo rimas da vida

Gosto de tudo que toca, pois o toque causa a sensação

E é sentido que vivemos ao pulsar do coração

Por isso traduzo em palavras lagrimas de minhas emoções


Na certeza de que um dia alguém me entendera

Em letras rabiscadas pelo meu jeito de amar

Amo a vida em todos seus detalhes

E faço da poesia minha forma de sonhar...




Saulo Prado

Tim Maia - Azul da cor do mar


domingo, 12 de julho de 2009

Saliência


Quero escrever de sexo sem ser pornográfico
Falar de um beijo que é um prefácio
Para dois corpos grudados em um abraço
Que fazem do desejo seu ponto fraco



Escrever confidencias de lençóis
Volúpia de amor, em um quarto de motel
Que leva um casal à porta do céu
Espelho que reflete o tesão
Faz da noite orgia de dois corações



E quando o ápice chegar
Regado pelo orgasmo da paixão
Meu texto ira termina
Rimando sexo com sedução...



Saulo Prado

sexta-feira, 10 de julho de 2009

Detalhes De Um Rei

Quero ouvir uma nova musica do rei Roberto,

E com o som fazer da distancia algo perto

Quero sentir um amor perfeito de novo

E além do horizonte descobrir o nosso tesouro


São detalhes de varias canções

Que como o meu, embalaram outros corações

Eu aprendi com ele; que é preciso saber viver

Pois, são tantas emoções feitas para mim e você


E a 120 km por hora, em meu calhambeque

Nas curvas de santos, irei viver outras histórias

São apenas 31 anos, sou de outra geração

Mais foi com Roberto Carlos que descobri

A vida só é vida se a gente viver uma grande paixão.



terça-feira, 7 de julho de 2009

Mais uma vez


Cada palavra que eu tento rimar

Surge com minha vontade de te amar

Pena que nosso tempo passou

E de sua parte só restou o desamor


Às vezes me sinto repetitivo

Não tenho vontade de escrever

Pois cada letra que digito

Nasce um verso sobre você


Mas eu tenho que expressar

Meu coração esta cansado de chorar

E não me importa quantas vezes vou repetir

Desde que você foi embora eu só penso em ti...


Saulo Prado


quarta-feira, 1 de julho de 2009

Súplica do fim

Dor que tritura a alma

Angustia de um amor perdido

Vida ao acaso

Quando um homem se sente vazio


As noites não têm mais encanto

Ele vive jogado aos cantos

Barba por fazer, descuido por falta de prazer

À como dói, sofrer por um amor que corrói


O grito é em vão, ofuscado pelo som de uma canção

Já cansado de suplicar, o homem humilhado

Deixa as lagrima rolar

E uma única esperança, faz seu coração pulsar

A certeza que um dia, ela pedira para voltar...


Saulo Prado

Capital Inicial - Olhos Vermelhos


LinkWithin

Related Posts with Thumbnails

Me leve com você...

Create your own banner at mybannermaker.com!
Copy this code to your website to display this banner!

ME ENCONTRE TAMBÉM NO TWITTER! Basta um clik